Receita especial para a Ceia de Natal – a famosa torta de choco baru de Regina Pavan

Por Regina Pavan para os leitores do Jornal Onews

 

★ TORTA CHOCO BARU ★

 

★BASE DA TORTA:

1/3 xíc. castanha baru torrada c/pele

1/3 xíc. castanha baru torrada s/pele

12 tâmaras medjoul sem caroço

1 colh. sopa cacau em pó

1/2 colh. sopa de óleo de babaçu

1 pitada de flor de sal

 

★ Preparo:

  1. Coloque as castanhas de baru no processador e bata por 1 min.( isso facilitará que elas se quebrem).

 

  1. Acrescente as tâmaras e processe até que comece a obter uma farofa grossa.

 

  1. Acrescente o cacau e processe no modo pulsar até que ele se misture.

 

  1. Acrescente o óleo de babaçu e o sal e processe até formar uma bola.

 

  1. Transfira a massa para uma forma de torta crespa com fundo removível (25 cm x 3 cm) e com as mãos, pressione a massa no fundo e lateral da forma até que fique com a mesma espessura no fundo e borda (se quiser, utilize um copo pequeno para te ajudar a nivelar a massa).

 

  1. Faça alguns furos com garfo por toda a massa, inclusive na borda.

 

  1. Use- a sem assar (Raw) ou a leve ao forno 180° C por 10min (ela ficará mais crocante), lembrando de aguardar que ela esfrie para colocar o recheio.

 

 

★CREME DE LEITE DE BARU:

2 xíc. chá de baru com pele

250ml de água

 

★Preparo:

  1. Deixe as Castanhas de Baru de molho em água por 6h.

 

  1. Descarte a água e coloque-o novamente de molho em água fervente por 3min (Isso facilitará que você retire a pele).

 

  1. Lave as Castanhas de Baru e as processe com a água até obter um creme aveludado. (Lembre-se de parar o processo e limpar as bordas do processador)

 

  1. Peneire o creme e reserve.

 

*Obs: você pode congelar esse creme, caso renda mais que a quantidade necessária para a torta.

 

 

★ GANACHE DE BARU:

300gr chocolate vegano 70% cacau (ou de sua preferência) ralado

300gr creme de leite de baru

1 e 1/2 colh. sopa óleo de babaçu

1/4 colh. chá de destilado de Baru ou extrato de cumaru (opcional)

 

★Preparo:

  1. Derreta o chocolate em banho-maria.

 

  1. Retire do fogo e mecha até atingir a temperatura ambiente.

 

  1. Adicione o creme de leite de baru e misture bem.

 

  1. Acrescente o óleo de babaçu e misture bem.

 

  1. Acrescente o extrato de cumaru ou o Destilado de Baru (Prove e acrescente mais extrato, se desejar).

 

  1. Recheie a torta e leve à geladeira por no mínimo 2h antes de servir.

 

*Obs: Você pode preparar o ganache com antecedência e armazená-lo na geladeira por até 7 dias ou armazenar no freezer por até 3 meses; lembrando que será necessário acrescentar um pouco mais de leite vegetal para que a sua consistência retorne.

 

 

★ CALDA DE CHOCOLATE:

1 xíc. chá chocolate vegano picado (de sua preferência)

1 xíc. chá água

1/2 xíc. chá polpa de baru (ou acúcar de maçã)

1/4 xíc. chá cacau em pó

 

★ Preparo:

*Obs: Se optar fazer a receita com a polpa de baru você precisará ferver a polpa do baru com água suficiente para cobri-lo por 3 min e processá-lo até obter um purê que servirá de substituto do açúcar para essa receita.

 

Coloque todos os ingredientes numa panela antiaderente e leve ao fogo mexendo até obter uma calda no ponto de brigadeiro mole.

 

Transfira a calda para um vidro hermético e armazene na geladeira por até 15 dias. Ela ficará consistente. Então leve ao micro (apenas a quantidade que for usar) por 30segundos a 1 min.

 

 

★EXTRATO DE CUMARU (Tonka) – a baunilha brasileira

250ml de destilado de baru

5 favas de cumaru e transfira para um 1 frasco de vidro de 300ml.

 

Guarde em local fresco e escuro por no mínimo 7 dias antes de utilizá-lo. Lembrando que quanto mais tempo maturando, mais acentuado será o seu sabor. Também lembre-se de agitar o vidro antes de incluí-lo em suas receitas.

 

 

★MONTAGEM DA TORTA:

  1. Retire a torta da geladeira e a transfira para a travessa em que servirá a torta.

 

  1. Coloque água fervente numa vasilha e com uma espátula,alise o ganache para obter uma superfície lisa.

 

  1. Aqueça a quantidade de calda suficiente para cobrir a torta e a espalhe criando ondas.

 

  1. Decore à gosto. (Aqui a fiz em duas opções: 1 só com a calda e outra com frutas silvestres orgânicas (morango, mirtilos, framboesa, amora, physalis) ecastanhas de baru. Você também pode decorar com nibs de cacau e polvilhar com alfarroba em pó.

 

 

*Informações importantes:

 

Se você não está habituado ao chocolate amargo, substitua por um que seja mais adequado ao seu paladar, lembrando que nem toda criança curte esse tipo de chocolate.

 

Se você optar utilizar o destilado de Baru ou extrato de baru no ganache; leve em conta o teor alcoólico presente.

 

Se você nunca utilizou a polpa de baru, é Importante que você prove se à quantidade de polpa sugerida é suficiente para adoçar a sua torta. Para o meu paladar, ela tem uma nota amarga que aparece só no final. Com ela aferventada, esse retrogosto amargo quase desapareceu, mas ainda manteve um toque amargo sutil.

 

As minhas receitas não são muito doces, então se você gostar de açúcar, acrescente o quanto for apreciável ao seu paladar.

 

O intuito aqui é mostrar o quanto a nossa Agro Flora brasileira é rica e versátil e o quanto esses super alimentos são riquíssimos de nutrientes e fibras tão importantes para o nosso organismo.

 

Espero que apreciem!

Regina Pavan. Entre em contato com ela pelo instagran @regina.maria.pavan

 

Ingredientes