Sobrevoo até a bela Quinta de Ervamoira para um passeio pela propriedade e degustação de vinhos

Uma viagem encantadora a Portugal, conheça o belo Hotel Orgânico do Vale do Douro

A história de Portugal como Nação Europeia remonta à Baixa Idade Média, quando o condado Portucalense se tornou autônomo do reino de Leão.

Entretanto, a história da presença humana no território correspondente a Portugal começou muito antes. A pré-história regista os primeiros hominídeos há cerca de 500 mil anos.

O Vale do Douro ou Vale D’ouro está localizado na região dos mais famosos e antigos vinhos de Portugal como o Vinho do Porto. Há relatos que há mais de mil anos essa bebida é feita no Douro vinhateiro.

A nossa redação fez uma viagem virtual por lá para descrever o Douro Valley Six Senses, um Hotel belíssimo, sustentável e orgânico que pós pandemia vale conhecer em família.

Nossa aventura aérea começa com uma viagem de 45 minutos de helicóptero até a bela Quinta de Ervamoira para um passeio pela propriedade e degustação de vinhos.

Depois de um almoço português, continuamos até as espetaculares esculturas de rocha pré-históricas de Foz Côa, patrimônio mundial da UNESCO.

Não há má hora para visitar o Vale do Douro, há sempre algo em oferta que deve atender aos seus interesses. E há sempre o prazer de descobrir um vinho orgânico incrível, especialmente com uma vista relaxante de um porto deslumbrante.

 

No dia 24 de dezembro, quem estiver por lá é convidado a celebrar o Natal com um jantar tradicional com produtos e vinhos orgânicos da região e participar de uma missa a meia-noite na Catedral principal de Lamego. O Réveillon é uma celebração de gala com coquetéis e jantar.

Há muitas celebrações religiosas na Páscoa por toda a região. Um tradicional almoço de domingo de Páscoa é oferecido no Resort seguido de uma benção religiosa tradicional.

Em setembro, os hóspedes são convidados a colher uvas ao lado dos moradores na comunidade. Há alegria em provar a comida e as safras da região e até pisar uvas. Neste momento aprendemos a fazer o vinho do Porto.

Bicicletas e piqueniques são oferecidos pelo Hotel durante todo o ano para passeios incríveis.

Como chegar ao Douro Valley Six Senses

Tombado pelo Patrimônio Mundial da UNESCO, a mais antiga área de viticultura demarcada do mundo fica a 75 minutos de carro do Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro (OPO), no Porto, e a 4 horas de carro da capital Lisboa.

Os transportes privados do aeroporto podem ser organizados a 200 euros por carro, 250 euros para um carro para até três hóspedes ou 275 euros para uma minivan para um máximo de seis hóspedes, saindo do aeroporto mais próximo – Francisco Sá Carneiro no Porto.

Mergulhe na vida do Vale

O Vale do Douro não é apenas para olhar: explorar e se envolver nele é questão de honra! Desde cruzeiros fluviais até a pisada de uvas de vinho do porto e locais de arte rupestre pré – históricos até passeios de canyoning, mountain bike e helicópteros.

Quando foi a última vez que abraçou ou subiu em uma árvore?

A horta orgânica do Hotel

Os projetos sociais

Bagos D’Ouro é uma Instituição de caridade que ajuda crianças de famílias desfavorecidas do Vale do Douro a passar pela escola até a universidade.

A Associação Afonsinhos dirige um time local de futebol que promove a inclusão social por meio do esporte.

Quem pode jogar? Qualquer um, desde que trabalhe duro na escola. Desde 2011, essa abordagem tem se mostrado muito bem sucedida. 90% dos jogadores são alunos de nota “A”.

 

Sustentabilidade

Ser Patrimônio Mundial da UNESCO significa que todos os stakeholders da região têm uma obrigação estrita com suas 3.500 espécies botânicas.

O Douro Valley Six Senses protege uma floresta de 4 hectares na propriedade, destacando seu compromisso em sustentar o meio ambiente e belas árvores antigas. O Hotel está comprometido a melhorar a pegada ecológica e de carbono das atividades associadas às operações de Resort e Spa.

O Fundo de Sustentabilidade do Hotel, que é uma porcentagem da receita global e 50% das vendas da água Six Senses, vai para o financiamento de projetos direcionados a crianças carentes, animais em risco e uma bela floresta comunitária.

40.500 quilos de frutas e vegetais orgânicos foram cultivados para hóspedes e para as comunidades vizinhas;

223 toneladas de composto e fertilizante natural foram devolvidos à terra;

mais de 1 milhão de garrafas de água de vidro substituíram garrafas plásticas descartáveis;

45% dos resíduos sólidos foram desviados de aterros sanitários;